COMUNICADO AOS IDOSOS

20/03/2020

Caros idosos!

Recomendações sanitárias frente a pandemia de COVID- 19

  1. O que é o Coronavírus?

 O Coronavírus é uma família de vírus que causa infecções respiratórias, provoca a doença chamada de Covid-19. O período de incubação, ou seja, o tempo entre o dia do contato com um paciente doente e o início dos sintomas é, em média, de 5 dias.

  1. Quais os Sintomas?

 Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre. Podem causar, algumas vezes, infecção das vias respiratórias inferiores, como pneumonia. Pessoas idosas e portadoras de doenças crônicas são os grupos mais suscetíveis ao desenvolvimento de quadros respiratórios graves e com risco de morte, sendo que os maiores de 80 anos apresentam as maiores taxas de mortalidade entre os doentes por Covid-19. Estima-se que 15% dos doentes necessitarão de internação e cuidados hospitalares, dentre esses, as pessoas idosas serão maioria.

Recomendações para Prevenção e Mitigação:

• Devem adotar medidas de restrição de contato social: todos os idosos maiores de 80 anos e os idosos acima de 60 anos portadores de diabetes, hipertensão arterial, doenças do coração, pulmão e rins, doenças neurológicas, em tratamento para câncer e em uso de imunossupressão;

 • Evitar aglomerações, reuniões, atividades coletivas, participação em festas, bailes, cultos, missas e viagens;

• Evitar contato com pessoas que retornaram recentemente de viagens e com menores de 12 anos de idade;

• A restrição de contato não deve ser entendida como isolamento. Familiares, cuidadores e comunidade em geral devem intensificar as condutas de diminuição de risco para contágio pelo Covid-19 , em especial no cuidado das pessoas idosas longevas e frágeis, priorizando o contato telefônico e/ou eletrônico, quando possível;

• Cuidadores que apresentarem sintomas de gripe, devem evitar contato com seus pacientes e se houver qualquer dúvida sobre o contágio devem descontinuar seus atendimentos;

 Portanto, todas as pessoas devem:

 • Higienizar as mãos frequentemente com água e sabão (ou com álcool em gel a 70%);

• Evitar aglomerações;

• Evitar contato com pessoas que tenham sintomas de gripe (tosse, espirros, falta de ar);

 • Evitar tocar os olhos, o nariz e a boca sem lavar as mãos;

 • Evitar apertos de mão, abraços e beijos ao cumprimentar as pessoas;

• Evitar compartilhar o chimarrão;

 • Manter os ambientes ventilados naturalmente, as portas e/ou janelas abertas, evitando o uso de ar-condicionado, sempre que possível.

  Recomenda-se que as pessoas idosas busquem atendimento nos serviços de saúde conforme a seguinte orientação:

 Procurar a unidade básica (posto de saúde), quando apresentar:

• Coriza, tosse e dor de garganta que lhe cause incômodo;

 • Febre (para os de idade entre 60 e 79 anos);

 Procurar a emergência hospitalar ou unidade de pronto atendimento, quando apresentar:

 • Febre (para os de idade de 80 anos ou mais);

• Falta de ar;

• Sensação de cansaço para os esforços de rotina ou sensação de fraqueza grave;

• Confusão mental ou alteração comportamental;

• Sede excessiva;

 Uso de Medicação :

• Evitar a automedicação;

• Não utilizar antibióticos, vitamina C e corticoide sem conhecimento do médico;

 • Os medicamentos utilizados para tratamento da hipertensão devem ser utilizados normalmente conforme prescrição médica;