Cultura


Cultura

A cultura do povo rondinhense teve forte influência dos usos e costumes do imigrante italiano, principal colonizador deste município.

A religião, a linguagem, as residências, a vestimenta, o lazer, os costumes e o folclore dos imigrantes passaram a fazer parte do dia-a-dia do próprio imigrante e de seus descendentes, muitos deles conservados até os dias de hoje. Destaca-se o costume dos filós, onde se reuniam os vizinhos, à noite, para rezar o terço, jogar baralho, conversar, acompanhado com um bom vinho. Nas festas de aniversário servia-se o tradicional brodo, um caldo de galinha caipira, acompanhado de pão e queijo ralado.

Entre os anos de 50 a 70, o município contava com um  cinema, que localizava-se próximo à igreja matriz, onde eram exibidos filmes sem fins lucrativos.

Com o passar do tempo, foram sendo incorporados vários elementos multiculturais que foram modificando os usos e costumes do povo, como: rádio, televisão, telefonia fixa e móvel, internet...

Atualmente, são desenvolvidos projetos que visam aprimorar e enriquecer a cultura da comunidade rondinhense, como também incentivar e oportunizar o desenvolvimento de talentos locais que, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realiza oficinas de: danças, coral, teatro, violão.

Anexos