HINO A RONDINHA


HINO A RONDINHA

HINO A RONDINHA

Pe. BRUNO PARIS

“Coroada de coxilhas,
Engastada em verde anel,
Ó Rondinha, alegre, brilhas
Em teu fúlgido painel.

Padre Eugênio, prodigiosa
Fonte d’ água deparou,
E uma igreja à Mãe Piedosa
Do Rosário dedicou.

Nos rincões de todo o Estado
Os teus filhos tem raiz,
Marcham, juntos, lado-a-lado
Na concórdia mais feliz.

Milho, arroz, soja e parreiras
É a riqueza de teu chão,
Toda a essência de madeiras
Refloresce em teu sertão.

Ó Rondinha, sempre avanças
Do progresso nos umbrais,
Irradiando a tua pujança,
Viva a herança de teus pais.”
 

Anexos